quinta-feira, 23 de abril de 2009

momento emo

Um dia eu posso acordar e me dar conta que tudo foi em vão, que tudo não passou de uma ilusão, que os meus esforços não valeram de nada. Um dia eu posso olhar pra trás e dizer:"que droga", ou talvez, "poderia ter sido melhor". Um dia eu posso não acreditar que exista amor, amizade verdadeira e paz; aposto que neste dia não existirá mais vida em minhas veias. Talvez amanhã eu não tenha coragem de sair de casa com medo que aconteça tudo outra vez, com medo de ouvir as mesmas palavras, afinal já virou rotina... Talvez um dia não exista NX ZERO pra fazer meu coração saltar pela boca em dia de premiação, neste dia não haverá graça em meus momentos... Talvez um dia não exista Gutty pra dizer:"você não falou comigo hoje!"; Emille pra me chamar de chata e rir das minhas loucuras; Juliana com seu terrível mal-humor; Boi com seu jeito super-engraçado; Mary com os seus conselhos; Paty com os seus ataques... Talvez chegue um momento que tudo acabe, que só sobre a saudade e a vontade de um pouco mais. Talvez todos os pactos sejam esquecidos e um dia eu não possa contar com Bê, não passa protegê-la, não passa chamar de meu bebê e cuidar como se fosse sua mãe. Talvez ainda quando o nosso pacto estiver esquecido, Amanda repita suas escolhas e acabe mais uma vez com tudo que já foi construído, Thais não dê mais suas risadas e nem fale mais besteiras emboladas; Neste dia concerteza será o pior dia da minha vida, neste dia eu não acreditarei mais em amizade verdadeira, eu não confiarei mais em ninguém... O amor? acredito que ele esteja em cada palavra sincera, em cada verdade dita, em cada olhar carinhoso... Não acredito na sua imortalidade, mas tenho certeza que ela nasce e permanece a partir do amor próprio. Talvez eu chegue a um ponto que não irei acreditar mais em minhas atuais convicções, que não poderei retribuir nenhum ato de amor...
Quando tudo isso acontecer, concerteza junto a todos esses acontecimentos meu coração não irá mais bater, eu não irei mais sonhar, eu não irei mais viver...


*AMIGOS,EU NÃO SOU NADA SE VOCÊS

segunda-feira, 13 de abril de 2009

mentiras...

Queria não precisar te odiar,não precisar virar a cara para ti, não ter que passar direto por você. Queria acreditar no que me diz, que gosta de mim, que se arrependeu, que vai recuperar minha confiança. Queria te falar o que eu penso, queria conseguir conversar com você, mas é impossível, sou capaz de te matar se eu me aproximar... Queria calar sua boca e interceptar seus dedos, impedir você de qualquer comunicação desnecessária, eu estaria fazendo um favor a humanidade. Queria repetir que você é um idiota e rever você concordado. Queria que você não fosse tão desconfiável e desprezível, me faria tão bem... Queria querer novamente tudo o que você falou e fez, foi tão bom... Queria rever a sua cara arrependida quando me perguntou se eu estava magoada e logo em seguida agoniada e triste quando eu respondi que sim, belo teatro, na hora até conseguio me comover... Queria que você fosse você, sem mentiras,sem teatros, apenas você... ACREDITE, VOCÊ É BEM MELHOR SENDO VOCÊ MESMO...