terça-feira, 4 de agosto de 2009

vigília


costumo ficar quieta, prefiro fingir as vezes que sou invisível que não preciso de ninguem, que já sei tudo o que poderia saber, sei que isso não é verdade,mas... queria tanto ter certeza de tudo, saber exatamente o que é certo ou errado, desconfiar de quem irá me fazer mal antes mesmo que eu a conheça. Seria tão bom que não perdessemos as pessoas que nos amam e que amomos por coisas injustas e desnecessárias, ou pior, sem motivo algum... Talvez o meu instinto protetor deva ser mudado, talves ele prejudique os que me rodeiam e tambem a mim mesma, talvez eu tenha que deixar que cresçam sozinhos... Eu sei que muitos conceitos meus têm que ser mudados para que pare de cair em siladas, para que eu deixa de sempre voltar ao início

0 comentários: