sábado, 21 de novembro de 2009

Despedidas...


Difícil de acreditar que depois de tanto tempo de convivência eu terei que me despedir... è estranho ter que dizer " até a próxima oportunidade" para pessoas tão presentes e especiais que fazem da minha vida a minha vida.

Um dia eu e JULIANA fizemos uma promessa, a de que jamais deixaremos nos perder uma da outra, a de que sempre estaremos unidas... Essa promessa foi guardada a sete chaves e agora eu retomo-a para que nunca esqueçamos. Ela me acolheu enquanto eu chorava, me freiou enquanto eu me precipitava e sorria nos momentos mais difíceis da minha vida me fazendo sorrir também... Com seus conselhos você evitou muitas vezes o sofrimento que eu sempre insistia em buscar e você em repelir de mim. Foi com você que eu tomei o meu primeiro banho de chuva proposital, era você que falava " ele não merece você" num termino de um namoro, foi com você que eu andei nos mais ridículos brinquedos em um parque de diversão e é você que sempre diz:"ô minha chatinha, não seja tão sensível", e agora? Quem vai rir das minhas cartas e chorar quando terminar de ler? Quem vou defender das críticas injustas e justas? Quem vai me puxar pelo braço quando eu estiver em perigo?... Você Jully! Porque nada vai mudar, você sempre vai ser a melhor amiga e eu a com a voz mais enjoada que te adora em qualquer hipótese...

Ela simplesmente quando ninguém esperava disse que iria nos abandonar e agora eu não sei quem além de PATRÍCIA vai me irritar... Quem vai ficar me fazendo de besta, derrubando a material pra mim pegar, até eu me cansar e pisotear tudo? Quem vai me chamar de patricinha mimada enquanto eu a chamo de patricinha metida? Quem vai ganhar de mim no quesito "não entendi a piada"? Você é única Paty, você é minha princesinha lenta, minha vaca loira, minha palhaça metida... Você é a única que fala " sai dessa vida " quando eu falo que não gosto de ir a show de pagode ou forró... A única que chora quando fazemos uma festa surpresa... Eu adoro você Paty, e fora ou não de Visão você é elemento essencial da família turma B!

AMANDA... Se eu pudesse eu amarrava seu cadaço na cadeira para você não ir embora... Ainda não caiu a ficha que eu vou perder a única pessoa que eu falo:"NX Zero estava concorrendo a 3 prémios no Multishow, e adivinha quantos ganhou? 3 prémios!" e que não faz cara de nostálgica... Com que eu vou falar mal da menina que está usando óculos de sol quando está chovendo? E quem é que sempre vai achar um lado bom onde não tem lado bom? Ô amiga, o acaso foi tão injusto com a gente... Mudou todos os nossos planos e todos os nossos sonhos. Lembra do juramento que fizemos com mecha de cabelo? Acho que a gente jurou nunca tomarmos o namorado uma da outra...Lembra daquela carta em que você disse que antes de te conhecer eu era incompleta? Acho que agora vou me tornar outra vez... E lembra quando eu, você, Bê e Thaisvivíamos grudadas que até em atividade em dupla nós fazíamos sorteio? Era tão linda a nossa igualdade... Vou sentir falta de correr para contar qual a capa da revista e ouvir "eu sei", de discutir quem tá certa na dúvida de uma palavra na letra da música, de esperar passar o "gloss da beleza" e ir e voltar de pátio em pátio feito barata tonta na hora do intervalo.

Até logo... Vocês são muito mais essenciais do que eu imaginava... Desculpa por alguma coisa que falhei, ninguém é perfeito... Mas nunca se esqueçam que a pequena grande amiga de vocês sempre vai chorar e precisar de um consolo.

1 comentários:

gabyzinhastar disse...

Que lindo.
Adorei a declaração que você fez para suas amigas.