sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Imperfeitamente falando

  

O coração daquela garota já não é mais tão vulnerável como um dia já foi, já não é tão esperto, nem movido pelo amor. Ela foi tantas vezes enganada e desiludida, ela sofreu tanto que em um momento seu coração  já não se importava com esses pesares. Aquela garota já não tem mais esperança no olhar, ela não chora com tanta intensidade como antes, ela já desistiu, ela definitivamente desistiu.
    É impossível ver essa garota e não se comover, não temer um dia se tornar como ela, tão forte e morta. Ela criou uma fortaleza em seu coração a qual  ninguem conseguirá penetrar, ela se feichou para vida de forma que esqueceu completamente de viver.
    Um dia desejei ser um pouco como ela, mas agora penso que não é tão ruim ser sensível, um pouco vulnerável e principalmente, sentir esperança sempre. Não é tão ruim amar e chorar, é a vida, não pode querem mudar a realidade. É bom aprender com os erros por mais dor que isso cause, é bom olhar pro seu passado, julgar algo como um erro, achando-se superior àquele ato, e logo mais a frente cometê-lo outra vez e chorar como a 1° vez. É tão bom ser imperfeita e acreditar que encontrou alguem perfeito, dizer a todos e ninguém dar crédito. É bom ouvir uma música e achar nela a sua história, e aproveitar quando estiver sozinha para gritá-la ao vento como um grande desabafo. É bom prometer desistir e não se apaixonar outra vez da boca pra fora e ainda afirmar que não é da boca pra fora. Ser frágil e delicada, e acreditar que é apenas uma farsa para ser tratada com cuidado e igual delicadeza. Que atire a 1ª pedra a garota que nunca fez isso, que nunca se fez de bobinha, inocente e frágil para encantar alguem especial. É bom fazer isso né? Eu sei.
    Eu não trocaria essas emoções, eu não quero nunca ser forte e morta, eu quero amar, chorar e acreditar que tudo sempre pode melhorar. Quero sempre acordar e ficar ansiosa para ver alguém, ensaiar em frente ao espelho como dizer um Oi e tremer na hora. Quero sim que em meu coração exista alguns tijolinhos, mas que esses sirvam apenas como cercado. Quero ser para sempre essa garota imperfeita, que transborda esperança no olhar.

1 comentários:

ಌMemyಌ disse...

Amei o texto!!E também acredito que é preferível sofrer, se arrepender do que ser insensível a tudo!Bjo