sábado, 26 de março de 2011

1200 Segundos


Meninas! O Lucas é um garoto super divertido, amigo, companheiro, vaidoso... Ele é o tipo de garoto que as meninas matam e morrem por um minutinho de atenção (que ele não me ouça, por que o garoto já é bem convencido)... O Lucas se dispôs a me conceder um tempinho dele para responder àquelas perguntas que todas nós gostamos de ouvir um garoto responder. Espero que vocês gostem da ENTREVISTA por que do Lucas... Aposto que várias vão se apaixonar!
A entrevista foi feita por MSN, o que dificultou ainda mais o processo, já que em tudo o Lucas arranjava um motivo para fazer alguma gracinha ¬¬ Bom... mas vamos lá:

Carla Maria: Olha Lucas, vamos tentar ser profissionais ok? Kkk’ O que chama a sua atenção numa garota?
Lucas Bacellar: Bom, para chamar minha atenção não precisa se exibir... Gosto de garotas difíceis, eu admiro muito o sorriso e a simpatia, se quer me ganhar é preciso saber conversar também! Acho a beleza uma parte atraente, mas muitas vezes a garota tem beleza e não tem cabeça.

Carla Maria: hum... gostei da resposta. E para namorar precisa de algum requisito extra?
Lucas Bacellar: sim, namorar menina com fama de "corrimão" não rola né? A menina tem que ser fofa, assim como você. Rsrs’ aaaaaah e precisa ter boa conversa que assim rola mais confiança no relacionamento

Carla Maria: E o que não dá pra aceitar de jeito nenhum numa garota?
Lucas Bacellar: Ciúmes sem noção, garota exagerada nenhum cara atura... E muito menos menina mandona, gosto de meninas que mandam quando está nos dois e não na frente de amigos, e menina que se acha também não é meu forte.

Carla Maria: Numa festa, você faz o tipo que fica com várias?
Lucas Bacellar: Rsrs’, as meninas não curtem caras assim como eu já li no seu blog, mas eu fico sim... Se eu estiver desacompanhado porque não curtir e conhecer outras línguas? Mas exagero quando bebo.

Carla Maria: Eu te conheço Lucas... Maior galinha kkk’ brincadeira amor, mas você bêbado ou não é impossível...
Lucas Bacellar: kkkkkk’, eu pego sim. Mas nem sempre maninha! Nem sempre estou indisposto kkkk’

Carla Maria: Já deu um fora em alguém?
Lucas Bacellar: aah, eu acho que todo mundo já né? Eu pelo menos já, em balada quando chega menina bêbada. Pô ninguém merece, eu sou o tipo que gosto de escolher... Ficar com qualquer uma é para caras sem estímulos kkkk’! você por exemplo, nunca levaria um fora meu!

Carla Maria: rsrsrsrs’ E você já recebeu um fora de alguém?
Lucas Bacellar: aah muitos foras pô, quando chego assim do nada para conhecer a maioria não dá bola, a não ser em festas que ai você pega por pegar mesmo... Mas quase sempre nós homens recebemos fora de quem gostamos!

Carla Maria: Que mentira... Qual menina em sã consciência te daria um fora? Eu não daria
kkkk'
Lucas Bacellar: kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk opa um bom sinal esse, mas já levei sim Muuiitos na minha vida pô! Quando eu banco o cara de pau ai que eu levo mesmo.

Carla Maria: Você é ciumento?
Lucas Bacellar: MUUUITO, a maioria reclama pois até com amigas sou ciumento... Acho que você tem ciúmes de quem você gosta, e dai eu quero proteger e tenho muito ciúmes sim!

Carla Maria: mas você disse que não gosta de meninas ciumentas... hahaha’ te peguei em pleno ataque de machismo, hahahaha’ mulher não pode ser ciumenta e você pode bonitão? Em???
Lucas Bacellar: aah pô, não precisa ter ciúmes de mim. É um defeito meu o ciúme, mas garotas ciumentas são piores, pois causam brigas e uma paranoia que não existe! Agora o meu ciúme é de proteção. TE PEGUEI DE VOLTA VIU GATINHA! Em???

(...)

Carla Maria: Qual tipo de garoto você é?
Lucas Bacellar: Bom, eu não sou o tipo meloso... Não sou o cara que leva flores para namorada, mas sou o cara de atitude, conversar kkk eu converso muito! Sou romântico com quem eu gosto, e sou o tipo que faço de tudo para agradar, tanto com presentes quanto carinho, sei escutar e também tenho minha hora de pôr minha opinião, bastante severo digamos rsrs’... aah e eu costumo cobrar quando me promete algo , e te faço prometer quando eu quero algo kkk’.

Carla Maria: kkkkkk nossa! Garoto perfeito meninas! Corram aqui! Você vai apaixonar todas as minhas seguidoras do blog... "postagem hipnótica"
Lucas Bacellar: olha que posso pegar... Estou solteiro agora!

Carla Maria: kkkkkkk’ Você quer dizer algo para o “Meu Blog” ?
Lucas Bacellar: Quero abrir uma exceção e falar desse menina linda e doce que é a Carlinha. Quero que passe anos e continuemos amigos, quero poder colocar todos os apelidos que acho que combina com ela , quero poder conhecer cada pouquinho dela . Você é muito especial pra mim, minha cabecinha de vento. rsrs ! Sabe aquela garotinha que você pensa que é indefesa? Sabe aquela que você pensa que vai passar por cima dela? Ela só aparenta ser uma "garotinha indefesa", mas na verdade é forte e firme como uma roxa , age as vezes com a impulsividade mais sempre com o coração , sempre pensa nos outros, e eu te admiro muito , e me orgulho por ser seu maninho ;p ! Sempre que precisar de mim estarei aqui, pois eu sou o ombro que você pode deitar e chorar e a mão que sempre que precisar irá te levantar! Beijos Carlinha s2

OBS:. Meninas, eu tenho uma notícia um tanto desagradável de se dar... Na época que fizemos a entrevista o Lucas estava solteiro, mas agora ele tá namorando, então acho que vocês não poderão assediar o meu amigo. Kkkkkkkk’ Mas que ele é um fofo é... né?
Beijos meu Maninho e obrigado por compartilhar um pouquinho desse mundo complicado de vocês, garotos. S2


Foto do entrevistado:



Por Carla Maria, depois de muito trabalho cortando as partes não publicáveis da entrevista.

quinta-feira, 24 de março de 2011

Nem todos os dias eu sorrio


Hoje eu acordei com a pergunta “Sobre o que escrever?” e por horas e horas da manhã eu não consegui chegar a uma única ideia.

Pensei em falar sobre sábado passado e contar-lhes como tudo saiu da maneira não planejada. Pensei em falar sobre a distância e o quanto isso ainda me machuca. Pensei em publicar outra entrevista, mas ainda estava inacabada e o meu amigo nem tem dado sinal de vida para a conclusão. Pensei também em não falar nada, mas escrever é irresistível.

Sabe... Hoje eu acordei de mau humor, a verdade é essa. E isso é uma coisa extremamente rara em mim, não sou uma pessoa que costuma estar triste... mas hoje foi diferente. Acho que esse mau humor me fez não saber o que escrever e eu odeio não saber.

Mas amanhã eu volto ao normal e essa é a esperança de todos, por que , sinceramente, nem eu me suporto quando estou assim. Mas voltando ao assunto... “sobre o que escrever?”. Ahh, acho que já escrevi.

Por Carla Maria, num dos raros dias de mau humor.


carlinhamaryblog@hotmail.com
(podem entrar em contato e tirar suas dúvidas)

domingo, 20 de março de 2011

Tá na hora de ir


Chega-se a hora de partir, de conhecer pessoas novas, lugares novos. Chega-se a hora de sair do cantinho de proteção e vagar pelo desconhecido. Difícil é crescer e perceber que chegou a hora de mudar. Difícil é não relutar.

Não tenho medo das mudanças, fui programada desde cedo a me acostumar com elas, mas tenho medo do que causarei às pessoas, medo do sofrimento e da falta que irão sentir de mim, quando chegar a hora. Por que difícil vai ser me despedir do olhar evasivo da minha mãe, difícil vai ser imaginá-la sem os meus cuidados e a minha proteção, difícil vai ser saber que ela estará sentindo a minha falta. Mas esse momento teria que chegar mais cedo ou mais tarde, ela me preparou bem e por isso que agora chegou a minha hora de cuidar sozinha de mim mesma, chegou a minha hora de fazer valer todos os esforços que ela dedicou a mim. E é por isso que tenho que ir.

Mas vou com o coração cruzado de uma garota de 17 anos que ainda não está na hora de crescer. Vou triste na minha felicidade, por que era tudo que eu mais queria e temia, simultaneamente. Mas era tudo que eu precisava. É o novo passo que terei que dar. É o meu mais novo desafio e eu adoro desafios.

Na verdade, não irei para tão longe, sempre poderei estar aqui para matar a saudade de todos. O difícil será apenas mudar a rotina e ficar longe dos cuidados que tinham por mim. O difícil será apenas perceber que a partir de agora serei eu e somente eu para cuidar da minha própria vida. E isso me anima e entristece, simultaneamente.
Por Carla Maria feliz por estar entrando na universidade e triste por ter que sair de casa e ficar dramaticamente longe da mamãe. *-*


carlinhamaryblog@hotmail.com

quinta-feira, 17 de março de 2011

Quase


Ele fala doce, ele ouve doce, ele tem perfeições singulares e imperfeições que não sei se me importam... Ele tem uma personalidade mágica, me faz rir sem perder a postura, me ouve falar dos meus problemas e medos, e está perto de mim. Ele é quase perfeito, é quase o homem dos sonhos, quase o pai ideal, quase a pessoa que eu sempre procurei. Ele é alguém que nunca irá me magoar, é alguém que estará comigo sempre e isso faz dele quase perfeito. E como encarar o quase se eu sempre sonhei com o totalmente?

Quando penso nele me imagino feliz, me imagino numa praia ao pôr-do-sol ouvindo todas as suas inteligências. Quando penso nele eu só penso nele e isso diminui o quase e me ajuda no meu plano de reabilitação.

Ele me faz lembrar a felicidade, me faz lembrar o amor amigo e me lembra que nada acabou para mim. Ele tem a personalidade perfeita, a que eu sempre sonhei e a que eu quero para a pessoa que estará sempre comigo. Ele despertou a menina de quinze anos de idade que um dia fui, a menina que sonhava com o amor, a menina que tinha morrido aos dezessete quando foi abandonada.

Ele é quase perfeito e o quase já não me importa. Ele é quase perfeito e eu não quero procurar o totalmente.



Por Carla Maria, proibida pela sanidade de revelar nomes. *-*

domingo, 13 de março de 2011

Sem Ter o que Fazer...



Sem inspiração, sinto-me melhor. Não estou triste, nem muito alegre. Não estou apaixonada, nem desiludida. Estou sem inspiração e isso está me parecendo bom. Por que se você parar pra pensar... Não há sentido se sobrecarregar de tantas emoções para escrever linhas para alheios. Não há sentido, e disso sei que tenho razão. Então prefiro a minha falta de inspiração, a minha mesmice, os meus olhares de tédio para quem proponha animação. Prefiro ficar um tempo sem lágrimas e gritos de felicidade, por que sempre que há um grito de felicidade sente e espere por que ainda não acabou.
Brincadeira... Não é nada disso, estou falando essas besteiras por que estou sem inspiração e por que prometi acabar a greve de postagens... Se bem que até pensei em voltar, por causa do meu estado de espirito, mas eu estou aqui, então colaborem e comentem, caso contrário estarei muito propícia a retomar a minha greve de postagens. E isso é uma ameaça.

Kkkkkkkkkk’
Por Carla Maria numa tentativa provavelmente frustrada de intimidar

terça-feira, 8 de março de 2011

1200 segundos


Olá Pessoal! A entrevistada da vez é a Duda, a pessoa mais engraçada que conheço. Sério mesmo, vocês vão ver! Ela tem 14 anos e mora em Santa Catarina.
Bom, nessa entrevista quis fazer alguma coisa mais “meninos”, então logo de cara perguntei:

--Duda, você tem namorado? (para saber se ela era ou não entendida do assunto).
Sim. Qw
(oi amr, :* )
Comentário da Carla: ahh nossa, como sou lesada!, nem cumprimentei a menina! Rsrsrs’ Oi Duda!

--Conta pra mim um pouquinho do seu namorado? Como se conheceram... se ele é ciumento...
Bom, o nome dele é Kelvin, ele é um pouco, mas bem pouquinho (juro) ciumento rs’
Tipo ele morra em frente a minha casa, e a gente ia juntos pra um negócio da igreja (não lembro o nome direito :$ ), ai a gente começo a conversa mais pelo msn ... e foi rolando –k.
Você vê problemas em uma garota namorar um garoto mais novo? E muito mais velho?
Um garoto mais novo eu não vejo problema se você gostar dele tudo bem, com um garoto mais velho a mesma coisa, o importante é que gostem um do outro ... (:
Comentário da Carla: Concordo!!! *-*

--Se você gostasse de um garoto e ele tivesse que se mudar para longe você abandonaria tudo para estar com ele?
Se eu gostasse muito, mas muito mesmo desse garoto e a gente tivesse uma idade razoável para um namoro sério, eu conversaria com a minha mãe sobre a possibilidade de ir ficar com ele, porque acho que nem é o caso de gostar do garoto e sim amar porque geralmente se faz esse tipo de sacrifício quando se ama, (sem esquecer a nossa idade é claro).

--O que você pensa quando vê aqueles garotos que pegam todas numa balada?
Galinha total. Rs’
Tipo eu sempre defendi a ideia de ficar só com quem você gosta, acho esse negócio de ficar com todo mundo, principalmente na mesma noite meio nojento, tipo 500 bocas, vai sabe por onde elas passaram antes disso... –k ;$
Você tem que ficar com quem você conhece e gosta, não com o primeiro projeto de Justin Bieber que aparecer. (:
Comentário da Carla: concordo com você Duda, acho terrível esses meninos o tempo todo querendo se aparecer.

--O que você acha que realmente importa para os garotos numa menina?
Sinceramente... Todos podem discordar de mim, mas acho que para um garoto o que mais importa é o jeito dela, o sorriso, o olhar ...
Tipo quando um garoto gosta de verdade de uma garota ele não vai olhar para o corpo ou a beleza dela, tudo isso conta, mas o que realmente eles querem é uma garota sensível, carinhosa, fofa e divertida.
Mas agora se for só pra ficar com uma garota ai sim... eles só olham para o corpo e a beleza, pra depois contar vantagem com os amigos ¬ ¬

--E o que você acha que realmente importa para as meninas em um garoto?
Agora a historia muda completamente, para uma garota o que importa é se ele é engraçado, fofo, carinhoso, gentil, bonito (não precisa sem lindo gostoso, nem um colírio da capricho).
Essas respostas são baseadas no que eu acho porque hoje em dia, depois da moda colorida, emo e outras mais os garotos estão mais sensíveis (pelo menos a maioria deles), e as garotas, pra elas o que importa é ter corpo, ser um colírio da capricho ( a maioria delas quer isso, as que convivo pelo menos)
#OBS: usei como exemplo os colirios da capricho ..mas vou contar um segredo... eles hoje em dia estão mais pra um cisco gigante q deixa você cega do que colírio (minhaopiniao).

--Você acha verdade dizer que nós, garotas, só gostamos de quem não gosta da gente ou de amores impossíveis?
Sim, é verdade... Mas não é por capricho que nós “escolhemos” isso.
Eu acho que a gente se apaixona sempre pelo garoto difícil, que não gosta da gente por ser mais emocionante, e também por ser nosso destino...
É mais emocionante, porque que graça teria você gostar dele, ele de você e PUF... namoro instantâneo como macarrão de 5 minutos.
E é nosso destino porque com o dificuldade a gente sofre, aprende, erra, aprende de novo, sofre e erra de novo, e aprende mais uma vez até acertar ..e quando a gente acerta ... a gente casa... com o homem perfeito (perfeito pra nós) ;;
UAHSUHAHSU
Por isso que demora para a gente se acertar com a pessoa que ama, porque o destino tem que encher lingüiça ate a gente ter idade de casar.
UHASUHAS, sinceramente...acho que o amor zomba da gente pedindo pro destino fazer esse tipo de coisa... ai ele grava tudo e assiste no sofazinho dele comendo pipoca com manteiga e rindo da gente..ate ficar com pena. –K
eu sonho.
Comentário da Carla: Ela não é ótima? Kkkk’

--Você já viveu um amor impossível?
Assim, não era impossível.
É que ele não gostava de mim, mas eu amava ele muito mesmo... Acabou que hoje a gente ainda estuda junto, se fala normalmente, eu superei tudo aquilo e aprendi muito com o que aconteceu.
Resolvi não contar muito pois a historia é muitoooo grande mesmo ... imagine dois anos e meio de historia... bastante neh?!

--O que gosta de fazer em seu tempo livre?
Fico no computador, MSN (amoo), leio, escrevo, durmo, jogo e toco violão. (:

--Já sabe o que vai ser quando crescer? Kkkkkkkk’
Pior que não. D:
Eu queria trabalhar com mecânica (montando coisas), com moda, como chefe de cozinha (amo cozinhar), como Game Designer (amoo jogos) e como guitarrista... tanta coisa *-*
Tipo a cada semana um emprego diferente.rs’
#impossibledream
Comentário da Carla: Somos iguaizinhas! Se eu pudesse seria engenheira de manhã, médica de tarde e jornalista de noite... mas só tenho 24h :(

--Você já se decepcionou com alguma amiga numa situação que envolveu algum garoto? (eu sei que sim rsrs)
AUHSUHAUS, Tipo eu contei pra ela confiando nela , era minha amiga, que eu gostava de um garoto... a gente estudava na mesma sala, eu, ela o garoto (ate hoje estudamos juntos), e ela veio um dia e me disse que tava gostando dele também, eu levei na boa .... ate ela começar a se oferecer pra ele (e faz isso ate hoje, parece de propósito), e depois ela teve a cara de pau de falar que a culpa era minha de ela se apaixonar por ele porque eu vivia falando coisas boas dele e ela começou e ver ele com os mesmos olhos que eu, (mas tipo... era minha amiga eu tava desabafando, amiga é pra essas coisas também neh?), terminei a amizade com ela e ate hoje ela faz de tudo pra se exibir pra ele...e de tudo mesmo. :/
Coitado dele *-*
Espero que ele nunca fique com ela, deve doer muito pra ferver os lábios.


--Qual o pior defeito em uma garoto? O que você não admite de forma alguma.
Garoto folgado ninguém merece, sem iniciativa, sensível ou grude demais e grosseiros.
(:

--Algo mais para falar ao “Meu Blog”?
É meu blog favorito, nossa quando você saiu por uns tempos fiquei perdida, pois parece que você descreve minha vida a cada linha e entrelinha dos seus textos.
A linguagem do blog é bem objetiva, delicada e de fácil entendimento, e o conteúdo é magnífico. *o*
Amei ser convidada para a entrevista, é uma honra.
Fiquei muito feliz, ainda não caiu a fixa. –k (:

Queria dedica essa entrevista posso?

A Duda é uma pessoa surreal não é? Adoro conversar com ela e contar os meus casos (que são muitos ¬¬). Obrigada por aceitar o convite Dudinha!
Bom, vou ficar devendo o Link do blog dela, por que ela é a pessoas mais enrolada com essa história de ter blog. Toda semana tá com um diferente. Quando fui procurar o link dela achei três e todos inativos kkkk’ sei que ela tá com algum e que estava participando de uma votação para escrever em outro... ahh falando nisso, votem nela aii:


http://cerejadeneve.wordpress.com/vote-aqui/

sexta-feira, 4 de março de 2011

Apelativo


Não é nada disso que eu quero. Não quero dizer adeus, não quero te dar as costas, eu não quero te esquecer. Quero que me impeça, é só isso que quero. Quero que seja homem, segure o meu braço e diga “Volte aqui”. É isso que eu quero meu amor. Quero que seja meu, de preferência somente meu, quero que me proíba de ficar sem você. Faça isso, por favor. Não seja tão omisso com a tua própria vida, viva!

Você foi a melhor coisa que já foi minha, você foi a melhor pessoa que poderia passar pela minha vida, você é meu e quero que todos saibam. Você é meu e tu bem sabes disso. Então para de brincar com teus sentimentos, para de interromper o que o destino quer que aconteça, para de tentar ser politicamente correto, por que você me ama e eu sei sem nem ao menos precisar olhar nos teus olhos. Eu sei que me ama por que ouvi de você e identifiquei a verdade. Então para de fugir do teu destino, para de querer ir contar a lei natural, você me ama e eu te amo, não há mais nada pra ser discutido.

Deixa eu te contar o segredo que ficou interrompido com as suas palavras de adeus, deixa eu te dizer que entre te esquecer e esperar eu escolhi ficar com você, deixa eu te dizer que o seu lugar é aqui, ao meu lado, e que você já não pode ir mais contra as leis do destino. Deixa eu te convencer a não me abandonar.

Olha pra mim agora, como estou? Sou a mesma que você conheceu? Sou aquela que você tanto viu desprezando os namorados? Não. Você mudou tudo em mim. Você está me obrigando a me rastejar e nunca fiz isso antes. Olha só o que você está fazendo comigo... Dê valor a isso. Venha e seja meu, venha como um marinheiro vai atrás da sereia, venha por que aqui é o seu lugar. Não tem como você fugir do seu destino, não tem como muda-lo. Venha e seja feliz.

Por Carla Maria, tentando hipnotizar rsrsrsrsrs’
Eu Amo Você, Di!