domingo, 20 de março de 2011

Tá na hora de ir


Chega-se a hora de partir, de conhecer pessoas novas, lugares novos. Chega-se a hora de sair do cantinho de proteção e vagar pelo desconhecido. Difícil é crescer e perceber que chegou a hora de mudar. Difícil é não relutar.

Não tenho medo das mudanças, fui programada desde cedo a me acostumar com elas, mas tenho medo do que causarei às pessoas, medo do sofrimento e da falta que irão sentir de mim, quando chegar a hora. Por que difícil vai ser me despedir do olhar evasivo da minha mãe, difícil vai ser imaginá-la sem os meus cuidados e a minha proteção, difícil vai ser saber que ela estará sentindo a minha falta. Mas esse momento teria que chegar mais cedo ou mais tarde, ela me preparou bem e por isso que agora chegou a minha hora de cuidar sozinha de mim mesma, chegou a minha hora de fazer valer todos os esforços que ela dedicou a mim. E é por isso que tenho que ir.

Mas vou com o coração cruzado de uma garota de 17 anos que ainda não está na hora de crescer. Vou triste na minha felicidade, por que era tudo que eu mais queria e temia, simultaneamente. Mas era tudo que eu precisava. É o novo passo que terei que dar. É o meu mais novo desafio e eu adoro desafios.

Na verdade, não irei para tão longe, sempre poderei estar aqui para matar a saudade de todos. O difícil será apenas mudar a rotina e ficar longe dos cuidados que tinham por mim. O difícil será apenas perceber que a partir de agora serei eu e somente eu para cuidar da minha própria vida. E isso me anima e entristece, simultaneamente.
Por Carla Maria feliz por estar entrando na universidade e triste por ter que sair de casa e ficar dramaticamente longe da mamãe. *-*


carlinhamaryblog@hotmail.com

10 comentários:

thaysoares* disse...

own, sentirei falta, mas boa sorte ! você será uma exímia profissional. SUCESSO !

Alissa disse...

aahnww que lindo...nao se preocupe! uma hora ou outra o "diferente" irá se tornar uma rotina e vc irá se acostumar com isso rapidinho~;D
bjos carlinha! ^^

Thamires Viel disse...

Fico feliz por você, boa sorte com o turbilhão de desafios que terá de enfrentar. Ausência dos pais, responsabilidades mil e sua carreira.
Boa sorte flor.

Renata Braga disse...

Nossa fico muito feliz por você, meus parabéns... e saiba que a vida de gente grande não é nada nada facíl... mais é um grande passo para sua nova vida, e sempre poste aqui novidades... beijinhos

Ana Souto disse...

isso faz parte da vida minha cara ,saudade aperta mas aos poucos você aprende a se virar sozinha !
aninhasouto.blogspot.com

Carla Maria disse...

thay: muito obrigada fofa! também sentirei muito a sua falta (mimimi)

Alissa: espero... kkkkk'

Outras meninas: Muito obrigada lindinhas

Duda disse...

ownt, mas faz parte da vida todas essas mudanças e elas valeram a pena qw
vai fikar tudo bem , animaçao girl vc vai pra faculdade (((:

joana mendes disse...

também tenho um blog um pouco difernte é sobre que não podemos deixar os animais porque se os deixares no fim eles podem deixarte a ti

joana mendes disse...

gostei muito do teu blog parabéns!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

joana mendes disse...

também tenho um blog um pouco difernte é sobre que não podemos deixar os animais porque se os deixares no fim eles podem deixarte a ti