terça-feira, 31 de maio de 2011

Olhares

São olhos corrompidos, meu amor. Corrompidos de medo, de insegurança e inocência. São olhos que se negam a te passar tranquilidade, olhos que te pedem amor, que te pedem paciência. São olhos carinhosos, impulsivos e independentes. São olhos lhe pedindo permissão, lhe testando a cada segundo, lhe dizendo que ama. São os meus olhos que só querem olhar os seus.

Por Carla Maria depois de ter estabelecido uma nova linguagem, depois de aprender a falar com o olhar.

5 comentários:

Leila Andrade disse...

Perfeito. Olha eu tmb adoro visitar seu blog, seus textos são muito parecidos comigo. Esse então nem se fale, estou sempre com uma cara de "pidona" para a pessoas, pedindo a elas, especialmente para me amarem, mas é tão dificil. Amei.

bjosss

OBRIGADA PELA VISITA

@anacarool disse...

Eu adorei o texto por realmente saber disso, os olhares são uma porta que nos oferece tanto, apesar de estarmos desaprendendo a olha-los e entende-los.

beijos
blogloucamistura.blogspot.com

Ana Souto disse...

muito bom ,o olhar diz muitas coisas ,coisas que a boca nunca conseguiria dizer!

Danilo Brasil disse...

amor eu te amo, simplesmente isso... ^^ com o tempo vou te provar tudo q sinto...

thaysoares* disse...

ha. também adoro conversar pelo olhar ! amei aqui (:

visitem? thayaneesoares.blogspot.com
e simpesversos.blogspot.com