sexta-feira, 29 de julho de 2011

Caminhos de Volta



    Gotas de água pode se transformar em uma tempestade se você a quiser. Basta você a querer. Algumas atitudes também podem nos fazer repensar tudo, desde o início. Talvez o problema seja que nós nos acostumamos tanto a repensar, que ignoramos os caminhos de volta, acreditando que logo mais encontraremos outro e assim desprezamos todos os outros próximos caminhos, sempre acreditando que encontraremos um mais a frente. E deixamos tudo pra trás, e forçamos acreditar que talvez um dia mude, mas provavelmente não mudará e sempre nos perguntamos, “é isso que realmente quero” e sempre achamos que ainda há tempo de voltar a trás mas na verdade não há, por que tudo tem se misturado e virado uma bola de neve, se me permitem a expressão clichê.
    Mas no fim de tudo o que acontecerá? Os motivos das gotas de água viradas tempestades serão esquecidos e os caminhos de volta desprezados. No fim acreditará que tudo é amor e que todas as mágoas serão perdoadas por isso, afinal, uma das utilidades do amor é disfarçar os erros e as gotas de água. No fim, não terá mais fim até que eu encontre um caminho mais a frente que não só me faça repensar o qual estou seguindo, mas também desistir dele. 

4 comentários:

anacarol. disse...

Adorei mesmo o texto. Ultimamente todos os textos que leio, me lembram algum momento meu, hehe.
beijos
blogloucamistura.blogspot.com

Alissa disse...

lindo texto como sempre carlinha...*----*
tem selinho pra vc la no blog! bjoss ;*

alissa-nakamatsu.blogspot.com

Indy Oliveira* disse...

Amei esse texto! tão profundo,me vi nele...beijinho

Br!sa disse...

Muito bom, você escreve muito bem ;)